RO - Segunda - Feira, 23 de Julho de 2018
Atualizada: 04/01/2018 19:02:00

Abertas as matrículas para sistema de ensino modular em Cacoal

Matrículas seguem até o fim de janeiro no Ceeja.

As pessoas que ainda não concluíram o ensino fundamental ou médio e não podem frequentar as salas de aulas diariamente poderão terminar os estudos por meio do sistema modular. Em Cacoal as matrículas tiveram início na quarta-feira (3) e devem ser encerradas no fim do mês de janeiro. No ano passado não foram abertas vagas para novas matrículas devido reformulação do sistema.

 

De acordo com a diretora do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceeja) Aparecida de Lourdes Tarine, o sistema modular é uma alternativa para as pessoas que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos na idade escolar adequada. “Nesse sistema o aluno estuda por módulos cada disciplina e tira dúvidas com o professor antes de fazer a avaliação referente ao módulo”, explica.

 

Depois de ficar suspenso no ano de 2017 para a reformulação do sistema de ensino e de controle do público estudantil na modalidade, o ensino sofreu algumas mudanças nesta edição. “A partir desse ano, os alunos do ensino modular terão que ter frequência de no mínimo 25%, além disso, precisarão concluir cada módulo no prazo de 68 dias, caso contrário será considerado desistente,” revela.

 

Segundo a diretora a mudança ocorreu devido o alto percentual de desistência, que era de cerca de 80%. “Estava muito solto. Antes não tinha um controle rígido, e a maioria das pessoas se matriculavam, mas não acompanhavam as aulas regularmente. Ou seja, o governo contratava o professor e não aparecia quase ninguém para estudar durante o ano”, esclarece.

 

As matrículas serão realizadas apenas no mês de janeiro no próprio Ceeja de Cacoal. O órgão funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.