RO - Segunda - Feira, 21 de Maio de 2018
Atualizada: 26/01/2018 08:47:08

Coluna FLOREANDO, com Adenilson Florentino

Coluna FLOREANDO, com Adenilson Florentino

POSITIVA

Ao perceber os comentários acerca da primeira edição da “Coluna FLOREANDO”, tenho a impressão de ter alcançado o objetivo. A repercussão foi positiva. Por onde passei e com as pessoas com a qual conversei a avaliação foi no sentido de uma boa aceitação. Com um linguajar simples esta coluna procurou abordar temas diversos e o leitor aprovou. Então vamos adiante. Cumprindo a promessa de nos encontrarmos uma vez por semana aqui vamos nós, com mais algumas linhas de escritas. De novo agradeço aos internautas e desejo boa leitura. Vamos à luta, filhos da Pátria.

 

SABORES DA ROÇA

Rolim de Moura e toda a região da zona da mata ganha a partir da próxima sexta-feira, 02 de fevereiro, um empreendimento que promete mexer com os costumes da culinária local. Trata-se do Empório das Agroindústrias que será inaugurado às 15h 30min e vai reunir mais de 70 produtos oriundos de agroindústrias todas as regiões do estado. Por reunir produtos da agricultura familiar e com muita aceitação entre os consumidores o casal de microempreendedores rural Fábio Timpurin Caffer e Crystiane Diniz idealizaram um ambiente propício para a recepção dos clientes e a comercialização dos produtos. O nome do empreendimento também foi pensado cuidadosamente; SABORES DA ROÇA. O slogan “Quem experimenta gosta” assegura a qualidade dos produtos que serão oferecidos. E para começar com o pé direito será oferecida na inauguração uma degustação com todos os produtos disponíveis na loja. Eu não tenho dúvida do sucesso. Parabéns casal Caffer pela visão. Minha presença no evento inaugural já está confirmada. O “Sabores da Roça” está localizado na Rua Barão de Melgaço, 4906, centro.

 

MANTO SAGRADO

Um dos assuntos de grande repercussão da semana passada foi a possível volta do Rolim de Moura Esporte Clube aos gramados estado a fora. Alguns chegaram a me perguntar se o retorno era fato ou boato e outros até entraram em maiores detalhes do novo projeto. Pois bem, a presença do time no estadual da Serie B é dada como certa e a nova direção já esta se mexendo nos bastidores. Nesta quarta-feira, inclusive fui questionado pelo futuro mandatário do Tigre sobre ideias para a nova camisa a ser usada no campeonato e depois de um longo bate papo e algumas sugestões o manto sagrado para a temporada 2018 pode estar muito próximo de ser definido. Inspirado no uniforme de um clube que disputa o Paulistão deste ano a nova camisa promete surpreender. Pensada pela diretoria de marketing da nova direção do clube a camisa valoriza as cores do time e o uniforme número 1 deverá trazer um designer inovador com formas em degrade. Não está descartado um terceiro uniforme. Nesse caso teríamos algo jamais visto pelos gramados do Cassolão. Os modelos tem um pouco do que eu penso para o futebol profissional e com certeza vai agradar torcedores. Aguardemos.

 

REDES SOCIAIS

É inegável os avanços promovidos pelas redes sociais. Impossível não ver em um lar rolimourense notebooks, tabletes e smartfones conectados em algum aplicativo de mensagens ou relacionamento. E foi exatamente de um desses aplicativos que circularam alguns áudios que balançaram as estruturas da política na capital da zona da mata. Por meio deles foi possível compreender as dimensões que podem alcançar postagens feitas pela internet. Os áudios que vazaram nesta quarta-feira colocaram em choque nomeações dos principais escalões da administração local e causou revolta na população. Este colunista recebeu ao menos uma meia dúzia de vezes os referidos áudios onde uma voz feminina cobrava do chefe do poder executivo, cumprimento de acordos firmados e até mesmo a manutenção de algumas nomeações. Embora a reclamante não pedia nada para si própria e sim pessoas que ela mesma chamou de lideranças, o vazamento mostrou que o destino do município parece continuar sendo definido em reuniões à portas fechadas. Lamentável. O povo merece uma resposta do nosso prefeito sobre os áudios.

 

DECORO PARLAMENTAR

E a guerra parece ter sido declarada. Ao menos é o que podemos assimilar ao acompanhar os embates envolvendo um membro no poder legislativo de Rolim de Moura e o prefeito de nossa cidade. Alvo de severas criticas por parte do edil durante os últimos meses do ano passado, o chefe do executivo parece estar disposto a revidar aos ataques. Recentemente a assessoria do prefeito convocou a imprensa para uma coletiva que não tinha tema definido. Repórteres, redatores e jornalistas presentes à dita cuja coletiva se depararam com esbravejantes palavras contra o vereador, dando a entender que o chamamento na verdade, se tratava de uma força tarefa com o objetivo de retrucar o parlamentar. Mas o que é mais preocupante trata-se de um arquivo enviado para esta coluna, através do WhatsApp dando conta de uma denuncia coletiva, assinada por um grupo de servidores portariados e registrada da Unisp. O documento de variadas páginas acusa o vereador de promover ameaças aos funcionários, o que segundo o grupo, seria passível de quebra de decoro parlamentar. Também fui informado que o extenso documento já esta em poder do MP para averiguações.

 

FOGO CRUZADO

Enquanto isso a população que não quer nada mais do que serviços públicos de qualidade e cumprimento das promessas de campanha, fica entre o fogo cruzado. De um lado o prefeito empunhando a estigma da crise financeira que engessa o crescimento do município regrando recursos e deixando a sociedade a mercê própria sorte. Do outro lado um membro do legislativo, eleito com o ideal de resgatar a credibilidade de uma câmara de vereadores desgastada, mais que tem exagerado dos discursos oposicionistas. Ao mesmo tempo em que presenciamos um embate nocivo ao desenvolvimento local perdemos as esperanças em quem tem a obrigação de zelar pelos diversos setores da sociedade promovendo políticas públicas respaldadas pelas prioridades mais importantes e deixamos de acreditar em quem recebeu o bastão da fiscalização e da moral ética, perdida entre falas e postagens nas redes sociais.

 

CONJECTURAS ELEITORAIS

Na semana passada usamos este espaço para debater algumas possíveis mudanças de partido em busca de uma melhor colocação para as eleições de outubro. Da semana passada para cá continuamos a ouvir, discutir e projetar algumas conjunturas políticas e uma das que mais chamam a atenção está ligada ao cenário estadual. É visível a credibilidade conquistada pelo por enquanto governador Confúcio Moura, colocando seu nome em posição de prestigio para um ano eleitoral. A impressão que temos é que os rondonienses estão torcendo pela renuncia de Confúcio, que caso seja confirmada o coloca na briga pelo senado. Cenário que deixa um de nossos atuais senadores de “barba de molho”. Gozando de muito prestigio com a opinião pública e referendado pela imprensa de repercussão nacional, parece que a cada dia o poético governador se configura como possível dono de uma das duas cadeiras que o Senado Federal reserva para as terras de Rondon neste ano.

 

PERIGO MORA AO LADO

Considerado por muitos, como perigoso para a trajetória do senador Valdir Raupp o governador Confúcio Moura pode também, se transformar em personagem importante para o barbudo. Analisando uma conjuntura muito provável onde Confúcio trocaria o MDB pelo PSB, enxergo um cenário interessante para Raupp. Assumindo o governo Daniel Pereira só poderia ser candidato à reeleição tendo Confúcio Moura, seu colega de partido, candidato ao senado. Nesse caso é possível que o PDT indique um vice deixando Acir como um coordenador de campanha de luxo, até porque o desgaste provocado pelo embate com também senador Cassol, foi prejudicial à Gurgacz. Pretenso candidato ao governo Maurão de Carvalho deve disputar uma vaga na câmara federal, sendo ao lado da deputada Marinha, os puxadores de votos do partido. Teríamos no mesmo palanque PSB, MDB, PDT e outros tantos partidos que irão buscar vagas na ALE. Tanto Raupp que buscará a reeleição, quanto Daniel Pereira, rumo ao governo, teriam o melhor cabo eleitoral do estado, Confúcio Moura. Os outros pré-candidatos ao senado que se cuidem com essa dupla.

 

POLITICANDO POR AQUI

Impossível politicar sem imaginar a zona da mata. Então vejamos por aqui. Na coluna anterior apresentamos alguns possíveis candidatos a deputado estadual, a primeira dama Carla Schock; Alisson Ferreira, líder do prefeito na câmara, mais que trocará o Tucanato pelo PSD e o vice-prefeito Fabrício Melo. Porem a lista é extensa. Alem dos três já citados podemos incluir na relação de nomes que sonham “em representar o município”, Delegado Morari, candidatíssimo e em plena pré-campanha. Doutor Luiz Ferrari, que presta um belíssimo trabalho social; Zé Jodan, que ainda sonha com a prefeitura; Rodnei Paes, que também pode trocar o MDB pelo PSB e o ex-vereador Messias que enfrenta a concorrência de outros nomes ligados ao executivo. Soma-se a estes, outros tantos deputados já com mandatos e que tiram votos por aqui. Nas bancas de apostas invisto minhas fichas na reeleição de Jean Oliveira, que tem base forte na região e no motor Ferrari, que está correndo em todos os municípios da região e mostrando serviço. Quem viver, verá!

 

AUSÊNCIA NA LISTA

Os mais antenados dos leitores deve ter percebido uma ausência importante na lista acima, Adriano Bombeiro. Candidato a deputado muito bem votado há 4 anos e candidato a vice-prefeito em 2016 o Bombeiro desapareceu. Figura constante nas paginas de um site local o militar não foi mais visto com a mesma frequência, nem na rede mundial de computadores, tão pouco na sociedade. Parece-me que se dedicou em buscar promoção nas fileiras do Corpo de Bombeiros o que o afastou dos holofotes. Sobre sua ausência na lista de pretensos legisladores em Porto Velho, parece que estaria mesmo fora do pareô. Fui informado “pelos caras” (aqueles mesmos que me contaram a fábula do prefeito namorador na coluna passada), que o bombeiro teria costurado um acordo e não será candidato. O principal beneficiário desta aposentadoria prematura seria o vereador Alisson Ferreira, que deverá receber o apoio do bombeiro. Não sei o que está por traz deste acordo mais sempre enxerguei em Adriano um potencial detentor de votos por aqui. Tanto por seu carisma e seriedade quanto pela instituição que ele representa. Na semana que vem trataremos de candidatos à câmara federal. E tem mandatário que não vai gostar do que vai ler aqui. Até lá!

 

 ADENILSON FLORENTINO é jornalista

credenciado pela DRT/RO nº 1380.

Produtor e apresentador de programa de radio e TV.

Redator e Diretor do portal www.namiradoflora.com.

Email de contato: afs.silva@hotmail.com.