RO - Segunda - Feira, 23 de Julho de 2018
Atualizada: 08/02/2018 19:40:54

Coluna FLOREANDO, com Adenilson Florentino

Coluna FLOREANDO, com Adenilson Florentino

ATRASANDO MEU ADIANTO

Embora possa parecer desproporcional a frase acima é usada com frequência pelo representante poético culturo-besteirol da minha família, meu irmão Neno das Manga. Vou usar essa metáfora criada por ele e já dando os devidos direitos autorais para evitar dessabores familiares, explicar o meu atraso em relação a Coluna FLOREANDO, que deixou de circular na semana passada e com atraso está no ar apenas hoje. Tive um problema com o servidor máster do Portal Na Mira da Flora e com isso não consegui terminar, formatar e diagramar o texto a tempo de ser postado na sexta-feira, como tenho feito costumeiramente. Sanado o problema me adianto no dia da semana para postar hoje, o que em verdade, deveria ser postado apenas amanhã. Como precisei, por problemas técnicos, atrasar meu adianto, o faço o favor agora, de adiantar meu atraso. Confuso, mais é importante ressaltar para me desculpar com meu leitor que durante essa semana me enviou mensagens via WhatsApp me questionando sobre esta importante ausência nas páginas virtuais do Na Mira.  

 

ROLIM NA MÍDIA

Mais não é apenas a política que tem movimentado as rodas de conversa em Rolim de Moura. Um dos assuntos mais comentados das últimas semanas, sem dúvidas foi a presença da rolimourense Jaqueline Grohalski no BBB18. A biomédica de 23 anos que já foi miss Rondônia, já entrou na casa mais vigiada cumprindo a promessa de “causar”. Perguntada sobre sua cidade, disparou, “não se tem muita coisa a fazer em Rolim de Moura”. A afirmação verdadeira da sister viralizou nas redes sociais e teve até que declarou que a conhecidíssima loira rebaixou a cidade. Então vejamos; baladeira assumida, Jaqueline que já frequentou festas bancadas com os dólares de Neymar e esta acostumada ao glamour teria quais opções na capital da zona da mata? Tá que a declaração da agora eliminada Jaqueline em rede nacional não caiu muito bem, mais dai querer crucificar alguém por dizer a verdade me parece exagero. Esta coluna conseguiu enxergar algo de bom para a cidade com uma representante no reality, dado a exposição a nossa cidade e até torceu pela sua permanência na casa, porem fomos vencidos, quem sabe, pela distância que a Região Norte está do restante do País e a loira já está desembarcando em Rolim de Moura, para delírio dos fãs e ira daqueles que não curtem muito a Sister.

 

NOVO NINHO DO PÁSSARO

Uma novela que foi iniciada em 2014 em nosso município parece estar próxima de ter o seu capitulo final. O ginásio poliesportivo localizado na divisa dos bairros São Cristóvão com o Cidade Alta. E mesmo sem ser concluído o espaço esta sendo usado há vários anos, não apenas para a prática esportiva mais também eventos como formaturas, shows gospel e outros. Mas o ginásio que teve sua inauguração anunciada em duas oportunidades em setembro do ano passado e tem o Rotary Clube com parceiro importante para sua conclusão deverá ser entregue em março deste ano. Apelidado por “Ninho do Pássaro”, graças a uma brincadeira do colega jornalista e locutor esportivo, Dorli Schimer, que vez uma alusão cômica com o mega estádio onde ocorreu a abertura das Olimpíadas de Pequim em 08/08/08, o nosso ninho deverá ser batizado de Jurandir Lopes Soares. Isso mesmo, deverá! Esta coluna recebeu a informação que outro nome havia sido sugerido pelo executivo, porém houve rejeição da sugestão que trazia o sobrenome Schock e com um saudoso morador de Rolim de Moura e membro de família tradicional emprestará o nome à praça esportiva. O mesmo Schimer me assegurou que Jurandir foi um servidor público e grande desportista na cidade. Gozava de muito prestigio junto a sociedade o que lhe fez chegar ao posto de Secretário de Saúde. O homenageado foi mais que tombou na luta contra o câncer. A homenagem é justa. Aliais é justíssima! O difícil será tirar o “Ninho do Pássaro” de nossas cabeças. Semana que vem vamos tratar aqui na coluna, sobre o uso do Jurandir Lopes Soares/Ninho do Pássaro.

 

RETORNO DO LEGISLATIVO

Após breve período em recesso parlamentar a Câmara Municipal de Rolim de Moura voltou às atividades nesta segunda-feira, 05. Vale lembrar que já nas últimas semanas, servidores e parlamentares eram notados nos gabinetes e corredores da Casa, porém, nesta segunda, o parlamento voltou com força total, inclusive com a realização da Sessão Ordinárias, no plenário da Câmara às 15h. Desafios não faltam para este ano e os vereadores terão que se virar nos trinta. Entretanto os olhares do público mais próximos ao parlamento estarão voltados para os dois pré-candidatos. Alisson e Morari. O primeiro líder do executivo e defensor do prefeito na casa. Jovem e nascido em escola política o vereador ficará entre a cruz e a espada por ter que defender as ações da administração e ao mesmo tempo brigar pelos munícipes, incluindo a grande parcela deles, onde o prefeito não goza de bom ibope. O pretendente a ALE deve inclusive mudar de partido em busca de ampliar o arco político. Já o segundo é vereador, delegado e pré-candidato... Terá ele condições de se organizar para esta tripla jornada? Opositor escancarado do prefeito Luizão, o delegado deverá apimentar ainda mais o discurso, afinal, as eleições estão ai e um discurso inflamado pode render dividendos futuros. Resta aguardar para ver também o comportamento dos demais vereadores. Aqueles que não serão candidatos neste ano, mais que fatalmente deverá se abraçar com algum político, já de olho em 2020. Por falar em parlamento a sessão desta segunda-feira, véspera de feriado foi transferida para quarta, no mesmo horário e local.

 

ROLIM NO PRIMEIRO ESCALÃO

Na edição passada tratamos de algumas pré-candidaturas e para nossa surpresa positiva essa semana fui informado por fonte segura que Rolim de Moura será beneficiada com nomes de outros municípios que deverá ser candidatos. Por quê? Eu explico por que; É sabido que muitos assessores ligados aos mais diversos escalões do governo estão esvaziando suas gavetas e seus pedidos de exoneração já estão salvo em HDs. São nomes que ao longo dos anos serviram ao governador Confúcio Moura emprestando ao estado suas competências a ajudando na governabilidade. Muitos desses, na verdade, sempre sonharam com uma cadeira na ALE e vão à busca de um mandato. Ocorre que um destes possíveis candidatos deixará vaga a cadeira Diretor Presidente da Emater-RO. Assim sairá de Rolim de Moura a primeira mulher a presidir o órgão. Trata-se de Albertina Marongoni Bottega, atualmente gerente do escritório regional da entidade. A futura diretora tem se destacado pela eficiência em comandar a Emater na região e coordenou ações importantes, como as rodadas de negócios para a Rondônia Rural Show, dentre atividades que aproximaram os escritórios locais, da população rural, alvo principal dos extensionistas da Emater-RO. Competência em pessoa, Albertina certamente dará sequencia a este importante trabalho estado afora. Parabéns e sucesso na pasta.

 

EXPEDITO NO GOVERNO

Talvez nunca na história de uma eleição o estado de Rondônia viveu uma duvida tão grande como a presença, ou não, do senador Ivo Cassol no pleito de outubro próximo. Tudo que sabemos é que ele é pré-candidato e estaria disposto a encarar as dificuldades que por ventura viesse a ocorrer durante a campanha. Outra informação confirmada é de que o grupo Expedito Junior, pré-candidato ao senado estaria fechado com Cassol. Mais fazendo um analise mais aprofundado não fica difícil imaginar Expedito disputando o governo. Veja bem; supondo que o senador recue da disputa por algum motivo, e este não é um cenário impossível, Júnior seria o candidato nato do grupo. Outro dia este colunista captou uma intensa movimentação em uma residência nas proximidades do colégio Aluízio, em Rolim de Moura e meu instinto de arapongagem me diz que na ocasião ficou acertado esta conjuntura em que Cassol sairia do pareô mantendo sua irmã na busca por uma vaga na câmara federal e o tucano encabeçaria a chapa. Embora sejam apenas suposições, esta não é uma definição impossível de se tornar realidade e caso se confirme mantem um nome da capital da zona da mata na corrida sucessória ao governo neste ano. Em resumo já vislumbro Expedito com uma pré-candidatura ao senado, já nas ruas, porem se organizando para ocupar a cadeira de Confúcio Moura. Ser[JS1] á?

 

EXCESSO DE ZELO

Esta semana tive a oportunidade de conversar com os “CARAS” e eles me chamaram a atenção de um fato inusitado. É notável que nossa cidade não vive um bom momento, apesar dos esforços de nossos administradores, que mediante uma crise jamais vista, tem buscado melhorar a qualidade de vida das pessoas, muito embora estas melhoras não tem sido alcançadas ao contento da sociedade. Basta ver a quantidades de ruas esburacadas praticamente intransitável. Basta olhar para os lados para vermos lixeiras abarrotadas de sacolas que contribuem para a proliferação de insetos e pragas nocivas a saúde pública. Mais o que chamou a atenção dos “CARAS” é o que podemos chamar de excesso de zelo na região central da cidade, na imediações lateral da Praça Durvalino de Oliveira. Este pobre mortal ainda não conseguiu descobrir o existe de extraordinário e que motiva tanto cuidado com uma das vias que abraça a referida praça. Praticamente todos os dias são garis dando um talento no local, recolhendo sacolas, entulhos e outros tipos de sujeiras. São servidores da secretaria de obras limpando, varrendo e esfregando a rua. Daqui a pouco vão engraxar e lustrar aquele trecho. Não que não mereça esse cuidado, mais o problema é que todo esse capricho tem sido tão somente naquela região em detrimento de outros setores importantes do centro comercial, como onde se encontra uma rede de fest food.

 

 

Adenilson Florentino é jornalista

credenciado pela DRT/RO nº 1380.

Produtor e apresentador de programa de radio e TV.

Redator e Diretor do portal www.namiradoflora.com.

Email de contato: afs.silva@hotmail.com.