RO - Segunda - Feira, 11 de Dezembro de 2017
Atualizada: 18/09/2017 22:34:57

Dia de valorização do estudante movimenta comunidade acadêmica do IFRO em Cacoal

Dia de valorização do estudante movimenta comunidade acadêmica do IFRO em Cacoal

Os dias que antecederam a última quarta-feira (13) foram de muita expectativa e preparativos no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal. Tudo porque estava chegando o dia marcado para o fechamento do Projeto de Valorização do Estudante, atividade promovida pela Coordenação de Assistência ao Educando (CAED) e que realiza uma gincana entre os alunos com atividades sociais, de lazer e condecorações.


Na edição de 2017 a programação ocorreu com apresentações culturais, entrega de certificados e medalhas de Mérito Estudantil, sorteio de brindes, bingo e desfile para escolha da Miss e Mister Estudantil do Campus. Os alunos Marina Dias, do segundo ano de Agroecologia e Marlon Santos, do terceiro ano de Agroecologia foram os eleitos do concurso.


Marina contou que a experiência de ganhar concursos como este não é nova, pois ela já foi Miss Teen Cacoal e Miss Teen Rondônia. O concurso do IFRO, no entanto, teve um valor diferente para ela. “Aqui o concurso não valorizava necessariamente a beleza. Outros quesitos mais importantes, como simpatia, carisma e criatividade foram avaliados. Acho que esse último critério foi o que me ajudou bastante”, opinou a aluna.


Para além do concurso, Marina disse que a gincana como um todo foi muito útil para a escola. “Tive a impressão de que as turmas se uniram mais e que houve certa rivalidade com as demais nas tarefas, mas que isso acabou por ali. No fim estávamos todos nos divertindo e aproveitando a companhia uns dos outros”, contou.


A opinião é parecida com a da aluna Sthefany Chrystiny. Ela também elogiou muito a ação da CAED e o envolvimento dos alunos. “Acho que a interação é o ponto alto. A maioria se envolve, de alguma maneira, e isso nos aproxima. Além disso, o desfile é bem divertido e serve como incentivo para que a gente cuide mais desse aspecto da vida também. A nossa imagem é muito importante, inclusive para quando formos profissionais do mercado”, ponderou.


Lições práticas

Para Marlon, o novo Mister Estudantil do campus, o Dia de Valorização do Estudante trouxe muitos aprendizados e eles começaram bem antes das apresentações. “A primeira coisa que aprendi é não fazer conceitos prévios. Às vezes a gente se deixa levar pelas situações e isso impede a gente de perceber coisas super legais. Por exemplo, eu descobri muitos talentos na escola, mas que às vezes a gente desconhece por esses preconceitos que existem”, apontou.


Ele disse ainda que revigorou para si o conceito de que não há limites para aquilo que se busca, exceto os que você mesmo coloca. “Estou na terceira fase do Jovens Embaixadores* e muito ansioso com isso, assim como estava nervoso e ansioso com o desfile. Não entrei no desfile com a intenção de vencer, mas apenas de participar e representar a minha turma. Venci pela criatividade e carisma, eu creio, e por controlar esse nervosismo. Uma prévia do que posso fazer neste projeto que é muito importante para mim”, receitou Marlon.


Coordenadora da CAED, a professora Ingrid Menezes comemorou a execução de mais uma edição do projeto e o envolvimento da comunidade acadêmica do IFRO com a atividade. “Tanto os servidores quanto os alunos se envolveram e isso nos deixa muito felizes. Esse projeto é muito proveitoso, porque os nossos alunos têm uma carga acadêmica diferenciada e são muitos exigidos. É extremamente pertinente, diante desse cenário, ter um dia para descontração sem perder de vista a formação integral e abrangente dos nossos estudantes”, explicou.


* O programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com organizações públicas e privadas. O programa é bastante concorrido e recebe candidaturas de todo o Brasil. Os selecionados viajam em janeiro para um programa de três semanas nos Estados Unidos. Ele pode incrementar o currículo de alunos como Marlon, que pretende cursar Relações Internacionais.