RO - Terça - Feira, 19 de Junho de 2018
Atualizada: 11/01/2018 01:04:17

Geração de empregos em Rondônia teve saldo positivo no ano passado

Números confirmam mais de 2 mil vagas entre janeiro e novembro.

O estado de Rondônia teve um saldo positivo na criação de empregos em 2017, quando fechou o ano com 2 mil novas vagas . Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

 

O setor com a maior criação de vagas é o de serviços, com um saldo de 1.167 empregos a mais que demissões. O mês com mais contratações em Rondônia foi agosto, com 9.483 postos criados. O pior mês no fechamento de vagas foi janeiro, com 9.692 desligamentos.

 

No acumulado do ano, o saldo positivo foi de 2.341 novas vagas. No período avaliado foram 94 mil contratações e 91 mil desligamentos. Entre as 7 maiores cidades do estado, apenas Ariquemes e Porto Velho tiveram mais desligamentos do que admissões.

 

Na capital, 1.087 postos foram fechados, enquanto em Ariquemes o saldo negativo é de 50 vagas até novembro de 2017. O mês com mais contratações em Ariquemes foi fevereiro, com 807 novas vagas abertas. O mês mais fraco foi novembro, com 505 contratações.

 

O melhor setor foi o de serviços, com 114 novos empregos. O pior foi o comércio com 178 vagas a menos. O período com mais baixas de emprego foi março, com 785 pessoas desligadas. Em junho, o mês com o menor índice, 604 empregados deixaram o trabalho.

 

Ji-Paraná é a cidade do interior do estado com o maior saldo positivo, com 1.049 postos de emprego criados. O destaque é o setor de indústria de transformação, com 858 admissões.

 

Em seguida no ranking das melhores colocadas aparecem as cidades de Vilhena, Cacoal e Jaru (RO), com 450, 361 e 287 vagas, respectivamente.