RO - Domingo, 22 de Outubro de 2017
Atualizada: 09/10/2017 21:59:56

Grávida em trabalho de parto foge de hospital para não ser transferida para Rolim de Moura

A mulher se recusou ser atendida no hospital da cidade vizinha.

Uma jovem de 23 anos, que estava em trabalho de parto, fugiu do Hospital Municipal de Alta Floresta do Oeste nesta segunda-feira (9). A fuga ocorreu após a paciente ser informada que seria transferida para Rolim de Moura, onde seria realizado o parto.

 

Conforme o registro policial, a paciente grávida deu entrada no Hospital Municipal de Alta Floresta do Oeste, sentindo contrações na região do abdômen. Ao ser examinada pela médica de plantão, foi constatado que ela estava com uma dilatação e tinha entrado em trabalho de parto. Com isso, deveria ser encaminhada para Rolim de Moura. Porém, ao ser informada da transferência, a jovem fugiu da emergência.

 

Em seguida, uma equipe de enfermeiros foi até a casa da paciente com uma ambulância. No entanto, a mulher estava nervosa e se recusou a entrar na ambulância. Diante da urgência em prestar atendimento à gestante, por perder muito líquido, uma guarnição da PM foi acionada para acompanhar os enfermeiros até a residência da mulher.

 

Ao chegar ao endereço, os policiais convidaram a paciente para sair, mas ela recusou e fechou as portas. Depois de recusar a ajuda e colocar em risco a vida dela e da criança, os militares arrombaram a porta do imóvel e conduziu a mulher até a ambulância para que fosse transferida até Rolim de Moura, onde seria realizado o parto. A gestante foi acompanhada de um parente.

 

A equipe de reportagem não conseguiu falar com a paciente e tentou conversar com a direção do Hospital Municipal e com a Secretaria Municipal de Saúde de Alta Floresta do Oeste, sobre o motivo da transferência da gestante, porém, nenhum órgão atendeu as chamadas telefônicas.