RO - Sábado, 21 de Abril de 2018
Atualizada: 26/12/2017 19:19:23

Metade dos presos liberados no Natal saiu sem tornozeleira em Rolim de Moura

Dos 40 contemplados, metade saiu sem tornozeleira por falta do equipamento.

No último domingo (24), 40 presos que cumprem pena no regime semiaberto deixaram a cadeia em Rolim de Moura. A liberação faz parte da saída temporária de Natal, concedida pelo Poder Judiciário. De acordo com o direção do presídio, a metade dos apenados saiu sem tornozeleira eletrônica da unidade. Os beneficiados devem retornar ao presídio até às 18h do dia 2 de janeiro de 2018.

 

Conforme o diretor do presídio do regime semiaberto, Fabrício Pitteltow, metade dos contemplados deixou a unidade prisional sem tornozeleiras eletrônicas. “Parte deles já é monitorado por tornozeleira eletrônica, pois eles passam o dia fora do presídio trabalhando e retornam a noite para dormir. Os demais que receberam o benefício agora vão sair sem o equipamento devido à falta de tornozeleiras, com isso, serão monitorados apenas pela Polícia Militar”, explicou.

 

Conforme o diretor, quando ele solicitou os equipamentos à Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) há cerca de 13 dias, as tornozeleiras estavam em falta. Procurada a Sejus informou que, segundo informações do chefe de núcleo de monitoramento, por conta da demanda de apenados no mês de dezembro, as duas empresas que prestam o serviço para o Estado atingiram a quantidade de tornozeleiras permitidas em contrato.

 

Mas até o fim da semana, o estoque do equipamento será restabelecido e atenderá a demanda do interior do estado. Os apenados, durante a saída, devem estar recolhidos em casa até às 22h no endereço residencial informado à direção da unidade. Também não podem ingerir bebidas alcoólicas e nem frequentar bares e prostíbulos. Em caso de desobediência, o detento será levado novamente para o presídio e pode sofrer regressão de regime.